Categoria África

Sem Brasil, calendário de Eliminatória está definido

Publicado em: 02/12/2010 por | 1 comentário

O comitê executivo da Conmebol, em reunião em 24/11 que contou com os presidentes das federações e confederações associadas, definiu o calendário das Eliminatórias para a Copa de 2014. Por 6 votos a 4, prevaleceu a manutenção do programa de partidas das 3 últimas edições, contrariando Colombia, Venezuela, Peru e Chile, que queriam a mudança.

Ler mais

Copa das Nações da África

Publicado em: 08/02/2008 por | Nenhum comentário

Logo Copa da África 2008Dia 20 de janeiro aconteceu o ínicio da
Copa das Nações da África de 2008,
sediada em Gana.

As 16 seleções participantes foram divididas em 4 grupos, em que todas equipes se enfretaram entre si. Os dois times melhores colocados de cada grupos se classificaram pra disputar as quartas de final, em jogos mata-mata. Na etapa seguinte, os 4 vencedores das quartas disputaram as semi finais, onde foi definido os dois times que disputarão o terceiro lugar da copa, e os outros dois que vão decidir o título de campeão da Copa das Nações da África de 2008.

A luta pelo terceiro lugar será hoje, dia 09 de fevereiro, entre a seleção anfitriã, Gana, e Costa do Marfim.

Brasão da Seleção de MarrocosBrasão da Seleção do Egito Já a grande final, entre Camarões e Egito, será realizada domingo, 10 de fevereiro. E o resultado você confere aqui no “Copa na África 2010“.

Conhecendo a África do Sul – parte V

Publicado em: 21/12/2007 por | 13 comentários

Como já haviamos falado no final do post “Conhecendo a África do Sul – parte IV“, hoje vamos falar como está a questão da saúde na África do Sul:

Água e alimentação

Como dito acima, o tratamento de água da África do Sul está entre as melhores do mundo, e a água de torneira pode ser bebida sem preocupação pois está livre de microorganismos prejudiciais. A higienização em restaurantes e hotéis é de auto nível, e você poderá comer tranqüilamente frutas e saladas frescas, sem precisar se preocupar com contaminações.

Malária

Mosquito Transmissor da Malária

Um programa extensivo de prevenção da malári desenvolvido pelo governo vem contribuindo para a diminuição do número de casos de malárao no país. Medidas como o uso de repelentes e de mosquiteiros são essenciais se protejer contra o mosquito transmissor. O risco de contrair a doença é maior nos meses de temperaturas quentes, ao anoitecer e amanhecer, mas recomenda-se que a prevenção seja mantida durante todo o ano. Hoje em dia a incidência da doença no local é muito pequena.

Vacina obrigatória

Ao chegar na África do Sul, estrangeiros que vêm de regiões com incidência de febre amarela devem mostrar um certificado válido de vacinação contra a doença. Essa regra não se aplica a crianças com menos de um ano de idade.

Cuidados médicos e hospitalares

Mais uma vez a África do Sul se destaca entre as melhores do mundo, quando o assunto é especialidade médica. Em todo mundo, há requisição de médicos treinados no país. Tanto hospitais públicos quanto privados espalhados pela nação oferecem serviços de ótimas qualidades, lembrando que para hospitais privados é necessário ter um seguro médico que cubra suas despesas.

É isso ae, esperamos ter contribuído mais uma vez para que você conheça cada vez mais desse país ainda desconhecido.
E não perca, em breve mais curiosidades sobre a África do Sul, com destaque para geografia, fauna e flora local. Continue com agente!

Conhecendo a África do Sul – parte IV

Publicado em: 13/12/2007 por | 5 comentários

Mais uma rodada de informações, para você conhecer a África do Sul:

Fuso Horário

A África do Sul está a 2 horas adiantada em relação ao Meridiano de Greenwich, logo, está 5 horas a frente do Brasil. Quando é 12 horas no Brasil, já são 5 horas na África do Sul.

Quanto tempo leva para chegar

Uma viagem saindo de São Paulo, e chegando em Johanerburgo, que tem o maior aeroporto da África do Sul, demora aproximadamente 8 horas de avião.

Passaportes e vistos

Não é necessário ter visto para os brasileiros entrarem na África do Sul, sendo o certificado Internacional de Vacinação contra a febre amarela e uma página inteira de passaporte em branco, para o selo de entrada do país, o suficiente.

Gorjeta pelos serviços

Nos restaurantes sul-africanos não é cobrado taxa por serviços, mas é de costume deixar um valor de 10 a 15% do total pago, como gorjeta para o garçom. Um costume também apreciado por lá, é deixar algumas moedas para funcionários de postos e estacionamentos.

Taxas

Na maioria das compras feitas na África do Sul, é cobrado um imposto de valor agregado, o VAT. Os turistas estrangeiros podem ser reembolsados desse imposto se apresentar os recibos da compra e as mercadorias no aeroporto, no dia da volta da viagem, desde que o valor total da compra ultrapasse os R$250,00.

Para Dirigir

Somente visitantes portadores de uma carteira internacional de habilitação podem dirigir na África do Sul. A violação da lei acarreta em multas e interrupção da viagem. Outro item obrigatório é o uso do cinto de segurança.

Já comece as preparações para a viagem, logo 2010 está chegando.
Fique ligado, em breve vamos falar um pouco sobre a questão da saúde no país da copa de 2010

Conhecendo a África do Sul – parte III

Publicado em: 22/11/2007 por | 16 comentários

Falaremos dessa vez algumas curiosidades sobre a culinária na África do Sul:

O que não tem na África do Sul?

Na África do Sul tem de tudo, desde frutos do mar, carne de caça, frango e até mesmo os fast-food’s famosos, como Mc Donald’s. Lá, a carne bovina é cara, portanto não pode ser encontrada com tanta facilidade, porém não deixa de ser uma opção.

O que mais tem na África do Sul?

O tempero Curry é o mais utilizado nos alimentos, é uma mistura de açafrão-da-índia (curcuma), cardamomo, coriandro, gengibre, cominho, casca de noz-moscada, cravinho, pimenta e canela e tem um sabor picante, assim como a pimenta.Tempero Curry

O que vou comer na África do Sul?

Com certeza alguém que vai à África do Sul vai experimentar a “Papa”. O principal acompanhamento da região é feito de farinha de milho e água, possui uma forma consistente e acompanha tudo, desde macarrão até frango.

A “Papa” possui um alto valor nutricional e baixo custo, o que ajuda para que os nativos tenham um porte físico bem desenvolvido.

E pra beber, o que tem?

Amarula e bebidas da regiãoVinhos! Os vinhos da África do Sul são de alta qualidade e possuem reconhecimento internacional. Não se pode deixar de experimentar o Pinotage, um dos mais procurados da região.

Outra opção é a Amarula, um licor feito da Marula, uma fruta sul-africana. A Amarula é reconhecida mundialmente, assim como os vinhos da região.

E se eu não gostar da comida de lá?

Como resultado da proximidade com a Europa, além da colonização diversificada, a culinária africana mistura aspectos de diferentes países, ou seja, a variedade por lá é grande, desde comidas portuguesas até os lanches de frango, encontrados nos fast-food’s em toda esquina.

Boa viagem, bom apetite e até a próxima!

Nova Camisa do Brasil - 2011