Categoria Copa do Mundo de 1950

Especial: A Copa no Brasil – 1950 – Parte I

Publicado em: 09/04/2010 por | Nenhum comentário

Com a Europa arruinada pela Segunda Guerra, ficou com o Brasil, candidato único, a incumbência de sediar a segunda Copa do Mundo em território sul-americano.

Com a nova divisão econômica, que tinha os EUA como potência capitalista e a URSS como centro socialista, o cenário mundial estava em ebulição e muitos países não quiseram disputar o Mundial.

Sendo assim, a ressurreição das Copas, que estava planejada para 1949, aconteceu em 1950, após um hiato de 12 anos, com menos times do que o esperado. Ler mais

Especial: A Copa no Brasil – 1950 – Parte II

Publicado em: 10/04/2010 por | 1 comentário

Com a Copa garantida no Brasil, as autoridades começaram a se mexer para adaptar o país a um evento de tamanha grandeza.

As exigências eram bem menores do que hoje em dia, mas o legado deixado pela Copa de 1950 é realmente muito valioso.

A seguir, saiba um pouco mais da construção do Maracanã e conheça os outros estádios do Mundial.

Ler mais

Especial : A Copa no Brasil – 1950 – Parte III

Publicado em: 11/04/2010 por | Nenhum comentário

A Copa do Mundo mobilizou o país, que parou para torcer pelo primeiro título mundial da Seleção.

Ainda sem televisão, as pessoas se reuniam na casa dos abonados e sortudos que possuíam um rádio mais potente. Outros milhares disputavam lugares nas arquibancadas.

Nesta terceira parte do nosso especial, vamos conhecer um pouco melhor os 22 atletas que defenderam nossas cores, além de relembrarmos a (quase) perfeita campanha brasileira.

Na foto acima, a Seleção Brasileira de 1950: Barbosa, Augusto, Danilo, Juvenal, Bauer e Bigode; Jair, Zizinho, Ademir, Friaça e Chico.

Ler mais

Especial – A Copa no Brasil – 1950 – Parte IV

Publicado em: 12/04/2010 por | 1 comentário

Na penúltima parte do Especial – A Copa no Brasil – 1950, vamos buscar reviver aquele fatídico 16 de agosto, quando o silêncio de um Maracanã lotado representava o sentimento de toda uma nação.

O Brasil precisava de um mísero empate para realizar o sonho de levantar a Jules Rimet pela primeira vez e dentro de casa e acabou sucumbindo diante do implacável artilheiro Gigghia.

A Seleção batia na trave e surgia um carma: quando, finalmente, seríamos campões mundiais? Oito anos mais tarde, um garoto de 17 anos acabaria com as dúvidas. Mas isso é outra história…

Ler mais

Especial – A Copa no Brasil – 1950 – Parte V

Publicado em: 13/04/2010 por | Nenhum comentário

Com o título uruguaio, surgiu o maior carrasco do futebol brasileiro até então: Gigghia, autor do gol que sepultou o sonho de 200 mil torcedores no Maracanã.

No lance decisivo, o goleiro Barbosa vacilou e teve de carregar o fardo para o resto de sua vida.

Esta última parte do nosso especial é exatamente sobre isso: o vilão e o heroi.

Ler mais

Nova Camisa do Brasil - 2011